fbpx

Tecnologia x sustentabilidade: novos sistemas reduzem o impacto ambiental, conquistam o mercado e viram tendência.

Tecnologia e sustentabilidade - novas soluções construtivas

Para diminuir impacto ambiental e atrair o novo perfil de consumidor, Decorlit investe em novas soluções construtivas e sistemas tecnológicos.

A pauta tecnologia x sustentabilidade tem ganhado cada vez mais espaço quando o assunto se trata de construção civil. Acompanhando a evolução do mercado e do consumidor, bem como soluções construtivas que minimizam os impactos ambientais, procedimentos que dispensam a utilização de água, ou materiais potencialmente nocivos à natureza, já são requisitos básicos para o consumidor que, atualmente, é muito mais informado, exigente e pensa a longo prazo.

Sistemas como Light Steel Frame, Steel Frame, Wood Frame, entre outros, antes pouco ouvidos no Brasil, já estão presentes em obras com este perfil e englobam construções que utilizam essa tecnologia para desenvolver estruturas modulares e pré-fabricadas, conceitos que ganharam notoriedade e 2021 e serão tendência neste ano na construção civil.

Para Lucas Bonfogo, gerente técnico da Decorlit, outras novidades como painéis modulares para sistemas elétricos e hidráulicos, além de soluções para sistemas de fachadas leves e o sistema BIM, terão forte impacto sobre arquitetos, projetistas e demais profissionais do mercado daqui para frente.

Building Information Modeling

O BIM (Building Information Modeling), relativamente atrasado no Brasil em relação a países como Portugal, EUA, China e Rússia devido, principalmente, à crise econômica, será um dos principais sistemas a ganhar destaque no país em 2022.

O sistema, que não pode ser confundido com um programa, trata-se de um processo de criação do modelo virtual com informações técnicas da edificação, permitindo a visualização em 3D e aperfeiçoando toda a gestão de informação no ciclo de vida do edifício.

Dentro deste conceito onde a tecnologia tem conquistado relevância no setor da construção civil, especialmente para os sistemas inteligentes de construção a seco, a Decorlit já trabalha na criação e desenvolvimento de uma biblioteca BIM própria, que reunirá todos os seus produtos e sistemas.

“Estamos investindo também em painéis prontos compostos de materiais de alta capacidade de isolamento térmico, como o PIR, e temos também em nosso portfólio o Painel Facility EPS, além de estarmos nos preparando para lançar, ainda neste primeiro semestre, o Painel Facility PIR. Esses sistemas e materiais terão como principal objetivo reduzir expressivamente o consumo de energia elétrica nas construções, durante todo o ciclo da edificação”, ressalta Lucas.

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Posts Relacionados

Fale pelo Whatsapp
Enviar mensagem